Buscar
  • sitesindmetal

Blog do Sindmetal

24ª edição

Sucesso no curso de gestão de oficinas da Bosch


Na última segunda-feira, dia 26 de outubro ocorreu no auditório do Sesi Gravatás o curso de gestão de oficinas da Bosch, ministrado pelo coordenador da Bosch na América Latina. o curso foi um sucesso, com feedback positivo dos participantes. O curso contou com a presença de vários funcionários de oficinas, recebendo assim no final do curso um certificado de conclusão da Bosch.


Mais uma vez a parceria do Sindmetal e o Fiemg Competitiva foi um sucesso, trazendo inovação e conhecimento para os segmentos do sindicato. Para você que não participou do curso, fique atento nas redes sociais do Sindmetal para ficar por dentro das novidades. Outros cursos com data marcada:

  • Curso sistema de veículos elétricos e híbridos fase II em Campinas - 09 e 10 de novembro

  • Curso de Diagnóstico de Redes de Bordo e o Curso de Sistemas de Veículos Elétricos e Híbridos / Fase II - 1 e 2 de dezembro




 

Curso de tornearia mecânica


No dia 17 de outubro acontecerá o curso de tornaria mecânica. o Sindmetal tem recebido o contato de diversos profissionais e empresas solicitando a realização de mais cursos nesta área. Junto com os nossos parceiros estaremos formando uma turma de 15 participantes.

O que será visto no curso:


  • Executar processos de usinagem em tornos convencionais

  • Características e princípio de funcionamento

  • Saúde Segurança e Meio Ambiente

  • Tecnologia dos Materiais Materiais não Metálicos Leitura e Interpretação de Desenho

  • Técnico Mecânico Metrologia

O Sindmetal busca sempre qualificar ainda mais o segmento para que as empresas possam ser mais competitivas. Contato para inscrições: Wyara : (34) 99762-2053 .

 

Mais de 250 mil empresas são notificadas e podem ser excluídas do Simples Nacional


Veja o que fazer para regularizar seu negócio no programa


A Receita Federal do Brasil já iniciou o trabalho de notificações de empresas do Simples Nacional com débitos tributários ou previdenciários e, caso estes não sejam pagos, haverá na sequência o procedimento de exclusão por ofício de pessoas jurídicas optantes pelo regime simplificado de tributação.

"É imprescindível que os responsáveis por empresas enquadradas no Simples busquem avaliar se possuem algum valor em aberto e, caso haja, realizem o imediato pagamento ou parcelamento, caso contrário perderão todos os benefícios. Vejo muitos casos de empresas que fizeram pagamentos de forma errada, ou mesmo esqueceram de pagar, e nem imaginam que possuem um problema. Assim, essa preocupação deve ser de todos”, alerta o diretor tributário da Confirp Consultoria Contábil, Welinton Mota.


Segundo dados da Receita Federal, as 255.036 maiores empresas devedoras do Simples Nacional foram notificadas, representando um total de dívidas em torno de R$ 11 bilhões. "Importante lembrar que, mesmo que não tenha sido notificada, toda empresa veja de tempo em tempo se não possui nenhum débito tributário, para que não tenha surpresas indesejadas. Muitas vezes os débitos não são intencionais, mas ocorrem por falta de pagar uma guia. Por isso é importante sempre estar atento", complementa Mota. Para saber mais acesse o site: https://administradores.com.br/noticias/mais-de-250-mil-empresas-sao-notificadas-e-podem-ser-excluidas-do-simples-nacional

 

PMEs crescem 6,8% em agosto após fracos resultados em junho e julho


No acumulado do ano até agosto, os dados mostram crescimento de 3,3% em relação ao mesmo período de 2021



O Índice Omie de Desempenho Econômico das PMEs (IODE-PMEs) de agosto indica que a movimentação financeira real das pequenas e médias empresas (PMEs) brasileiras voltou a crescer de modo mais significativo, após fracos resultados em junho e julho.

No último mês, o IODE-PMEs mostra que a média da movimentação financeira real do setor avançou 4,7% na comparação com o mesmo período do ano anterior. Já com julho de 2022, o índice mostrou crescimento de 6,8%. No acumulado do ano até agosto, os dados mostram crescimento de 3,3% em relação ao mesmo período de 2021.

O IODE-PMEs funciona como um termômetro econômico das empresas com faturamento de até R$ 50 milhões anuais, consistindo no monitoramento de 637 atividades econômicas que compõem cinco grandes setores: agropecuário, comércio, indústria, infraestrutura e serviços. Para saber mais acesse o site: https://exame.com/negocios/pmes-crescem-68-em-agosto-apos-fracos-resultados-em-junho-e-julho/




19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo